Meu look: saia mídi e marinière

Posted on

Se eu pudesse escolher somente uma peça de roupa para usar pro resto da vida, seria uma saia. De preferência godê, mídi, com pregas e um pouco de volume. Eu amo esse modelo retrô e acho que deixa a silhueta linda.

Combinada com uma marinière então, é um look perfeito. Pra vocês terem uma ideia, eu tenho um painel no Pinterest com centenas de fotos de combinações de saias + blusas listradas (deu pra notar que sou um pouco obsessiva com isso, né? :P)

Ontem no Instagram (segue aí @saltoagulhablog) fiz uma mini enquete perguntando se as pessoas preferiam uma saia verde ou vermelha, para combinar com a minha marinière. Não que alguém se importe com o que eu estou usando, mas foi divertido hehehehe

Como a saia vermelha teve mais votos, resolvi usá-la no dia seguinte, quando fui gravar um vídeo no Nalva Melo Café Salão, aqui em Natal.

 

saia mídi

Mariniére

_MG_4762

O detalhe é que, após 40 dias em Natal, ganhei quase 4 kg e a saia quase não fechava 😛

Mas relevem esse detalhe e se concentrem no look. Mesmo com uns kg a mais o corte da saia equilibra a silhueta e até que não ficou tão mal. Para quem quer um efeito ainda mais harmônico, o legal é usar com uma blusa lisa, de preferência uma cor escura e não tão justa.

Como eu não ando dando muito importância aos truques de style para ficar mais magra, fui assim mesmo…

_MG_4561

_MG_4602

_MG_4599

_MG_4677

_MG_4748

_MG_4691

_MG_4782

[ merece uma menção especial esse piso lindo do Café Salão, original dos anos 40 e mantido por Nalva, a fada madrinha que transformou um prédio histórico em Natal no salão de beleza mais lindo do mundo ♥]

 

Estou usando: Saia e blusa Afer / Colar Forever 21 / Espadrille Inbox Shoes

Fotos: Dodô

6
  • Compartilhe  →

Feira Moderna domingo em Natal!

Posted on

 

Se você é do time que vive reclamando que domingo é um dia meio morto, olha que bacana o evento que vai rolar em Natal, no Café Salão, no domingo dia 08.

A Feira Moderna vai reunir o trabalho de diversos artistas, entre eles o Dodô Patchwork ( vocês lembram do meu patchwork lindo, né? 🙂 Essa é a oportunidade de encomendar o seu!).

Bom pra olhar, comprar, ver gente interessante, encontrar os amigos e  ME VER (siiiim, estarei em Natal e queria que todo mundo fosse lá me dar um abraço #carente hahahaha)

Além disso tem exposição fotográfica, os móveis da Cria da Casa, cerveja da Cervejaria Nostalgia, Origamis, Cupckaes e muitas outras coisas…

Muita gente bacana vai estar mostrando – e vendendo – o trabalho por lá.

A Feira Moderna começa às 16h e o endereço do Café Salão é Av Duque de Caxias, 110, Ribeira. O telefone é 3212 1655.

Vamos? 😉

3
  • Compartilhe  →

Sábado tem Bazar Salto Agulha!

Posted on

Tudo começou com a minha mala.

Vou me mudar ainda esse mês, e no processo de arrumação das malas vi o tanto de coisa que eu não uso já faz muito tempo. Porque enjoei, porque engordei, porque comprei coisas mais legais, porque a gente sempre tem mais coisas do que consegue usar de verdade.

Aí num inédito ato de desapego, peguei tudo aquilo que não foi escolhido para entrar na mala e resolvi passar adiante.

Algumas coisas para doação, outras de herança para as irmãs e outras ainda para um bazar que vou fazer no próximo sábado, lá no Café Salão  =D

Pra quem não sabe, o Café Salão fica na Avenida Duque de Caxias, na Ribeira. Vizinho à Tribuna do Norte, quase em frente ao ITEP.

No bazar você poderá comprar sapatos, roupas, algumas armações de óculos, acessórios e uns cacarecos interessantes.

Os preços vão de R$ 10,00 a R$ 80,00.

Algumas peças que estarão por lá você já devem ter visto em fotos aqui no blog…

Vou fotografar outras coisas e ir postando aqui até sábado.

Quem estiver interessado pode ficar de olho também no meu Instagram (@gladisvivane) que vou postar mais peças do bazar por lá.

Espero que vocês não tenham gastado toda a fortuna no carnaval e tenha sobrado uma graninha para compra no Bazar Salto Agulha =D

É isso, gente! Espero vocês lá. E aproveito pra rever todo mundo e dar um beijinho antes de ir embora (#cry)

 

8
  • Compartilhe  →

Mostra de cinema relembra cabelos famosos no Café Salão

Posted on

Lembram da Mostra Morena/Loira que exibiu vários filmes legais ano passado no Café Salão?

Durante uma semana, Nalva Melo transformou seu salão de beleza em um cinema e exibiu um filme por noite.

A seleção da mostra privilegiou filmes que trouxeram personagens femininas cujos cabelos influenciaram a aparência das mulheres.

Além de exibir os filmes, Nalva convidou algumas clientes e reproduziu os cabelos das personagens nessas clientes.

Assim eu fui Rita Hayworth em uma noite, e Brigitte Bardot em outra 😀

Agora chegou a vez dos cabelos masculinos, e de segunda a sexta (26/03) a domingo (01/04) o Café Salão exibe filmes com cabelos masculinos marcantes!

Saca a programação:

26/03: O cabelo de Rodolfo Valentino: o primeiro garanhão – O Sheik, 1922:

O Sheik Ahmed (Rodolfo Valentino) apaixona-se pela socialite britânica Diana (Agnes Ayres), e a seqüestra, levando-a para sua tenda em um deserto. Desesperada, Diana tenta escapar de suas mãos, mas acaba se envolvendo com este homem perigoso.

27/03: O cabelo de James Dean: a época da juventude transviada – Juventude Transviada, 1955:

Jim Stark (James Dean) é um bom rapaz, mas que acabou tomando rumo errado na vida sem motivo aparente – o que justifica o termo “rebelde sem causa” do título original. Seus pais sempre mudam-se de cidade para encobrir as besteiras que seu filho faz, porém Jim os confronta quando percebe que fez algo realmente sério desta vez. Em contraponto, acaba se apaixonando pela linda Judy (Natalie Wood), namorada do principal envolvido no caso errado de Jim.

28/03: O cabelo (falta de) de Yul Brynner: a marca da “carequice” – O Rei e Eu, 1956:

O filme conta a história verídica de uma inglesa viúva, Anna Leonewens (Kerr), que aceita um emprego no Sião para tornar-se professora da corte real em 1860. Apesar de ela logo se desentender com o teimoso monarca (Brynner), com o passar do tempo, Anna e o Rei deixam de tentar mudar um ao outro e começam a se entender. O Rei e Eu contém alguns dos mais magníficos cenários da história de Hollywood e algumas das mais amadas canções, incluindo “Getting To Know You”, “I Whish Me a A Happy Tune”, “Hello Young Lovers” e “Shall We Dance?”.

29/03: O cabelo de Peter Fonda: a época de paz e amor – Sem Destino, 1969:

Um clássico dos anos 60, que marcou toda uma geração. Mergulhe na contracultura dos anos 60 sem nenhuma censura, nesta emocionante mistura de drogas, sexo e política. Jack Nicholson estrela com Peter Fonda e Dennis Hopper (que também dirige) neste clássico incomum, que a Revista Time elogiou como um dos dez mais importantes filmes da década. Indicado para o Oscar de Melhor Roteiro em 1969, Sem Destino continua a emocionar o público de todas as idades.

 30/03: Os cabelos de Robert Redford e Paul Newman: loiro x castanho – Butch Cassidy, 1969:

Dois amigos inseparáveis, Butch (um ex-açougueiro) Cassidy e Sundance Kid, lideram o Bando do Buraco na Parede e vivem de assaltar trens e bancos. Quando são caçados por todo o país resolvem ir para a Bolívia e juntamente com Etta, a namorada de Sundance, rumam para a América do Sul. Mas esta decisão não lhes proporcionará grandes assaltos ou uma vida mais tranqüila.

 31/03: O cabelo de John Travolta: a época da discoteca – Os Embalos de Sábado a Noite, 1977:

Tony Manero é um jovem sem perspectivas de vida, que só vê razão na sua existência quando está em uma pista de dança. Lá ele é o maioral, mas começa a questionar sua vida através da influência de algumas pessoas que o rodeiam.

01/04: O cabelo de Johnny Deep: a nova marca da rebeldia e ousadia – Benny & Joon, Corações em Conflito, 1993:

Nesta sensível comédia romântica, Benny (Aidan Quinn) e Joon (Mary Stuart Masterson) são irmãos. Ele, mais velho, toma conta dela, que tem problemas mentais. Quando perde uma aposta, Benny tem que fazer um favor a um amigo e trazer para casa mais um “maluquinho”, Sam (Johnny Depp), que vive imitando Charlie Chaplin e Buster Keaton. Sam e Joon se apaixonam, e pela primeira vez Benny se vê com ciúme da irmã, com medo de perdê-la e tendo que aceitar que Joon pode e quer ter sua própria vida.

(Com informações da assessoria de impresa do Cineclube Natal)

Legal, né? A entrada custa só R$ 2,00 , você  pode ver um monte de filme bacana e ainda conhece um dos meus locais preferidos na cidade! 😀

O Café Salão fica na Av Duque de Caxias, Ribeira, vizinho à Tribuna do Norte. O telefone é 3212 1655.

 

2
  • Compartilhe  →

Mostra de cinema e cabelos começa hoje em Natal

Posted on

Quem ama moda, cinema, beleza e cabelos, não pode perder o evento que começa HOJE no Café Salão.

A mostra ‘MORENA / LOIRA – O Cabelo no Cinema’ foi organizada em parceria com o Cineclube Natal, e traz um filme por dia – com sessão sempre às 20h.

O evento é inspirado na Mostra da Cinemateca Francesa em Paris “Brune/Blonde”: uma exposição sobre o cabelo feminino no cinema.

Antes de cada filme Nalva falará sobre o cabelo da personagem escolhida, e também mostrará releituras dos penteados dos filmes. Cada dia alguém será uma personagem, e amanhã eu serei Gilda!

Confira a programação:

Para quem é sócio do Cineclube Natal, a entrada é gratuita. Para os demais, a entrada custa R$ 2,00.

Se você ainda não conhece o Café Salão, esta é uma oportunidade perfeita. O salão mais incrível de Natal fica na Avenida Duque de Caxias, vizinho à Tribuna do Norte, na Ribeira.

Imperdível!

5
  • Compartilhe  →