Amor à primeira vista na Imaginarium

Posted on

Você acredita em amor à primeira vista?

Eu acredito, desde que o sentimento seja despertado por uma bolsa ou sapato. Com gente é mais difícil, viu? 😀

Hoje mesmo eu fui arrebatada pelo mais puro e verdadeiro amor quando vi essa mochila na vitrina da Imaginarium.

Depois vi a bolsinha com a mesma estampa, e meu coração se dividiu.

Dois amores, igualmente intensos. Olha só…

Por R$ 189,00 cada.

Como estou em período de contenção de despesas (leia-se lisa), dei adeus aos meus amores e fui embora com os olhos marejados.

Mas não sou possessiva, então se alguém quiser ir lá se apaixonar, desejo que sejam muito felizes! 😉

8
  • Compartilhe  →

Leonardo Da Vinci e a moda

Posted on

O mundo inteiro reconhece Leonardo Da Vinci como um gênio detentor de múltiplos talentos, que deixou obras relevantes em diversos campos – artes, matemática, anatomia, cartografia…

Mas pouco – ou quase nada – se ouve falar sobre trabalhos de Da Vinci relacionados à moda.

No final dos anos 70, o pesquisador italiano Carlo Pedretti descobriu o esboço de uma bolsa de mão entre os desenhos de Da Vinci. Agora, Agnese Sabato e Alessandro Vezzosi, diretores do Museo Ideale, restauraram os desenhos e a tal bolsa “ganhou vida”.

Apesar de ser um modelo criado em 1497, é uma peça bem bonita e perfeitamente usável hoje (pelo menos para mim). A bolsa recebeu o nome de La Pretiosa , e está exposta na Accademia delle Arti del Disegno, em Florença.

A execução, totalmente artesanal, ficou a cargo dos artesãos da Gherardini. O vídeo que mostra a fabricação da bolsa é belíssimo. Me emocionou:

 

Se “it bag” não fosse um termo que se deteriorou ao ponto se tornar depreciativo, essa bolsa mereceria o título de.

 

4
  • Compartilhe  →

Clutch na praia? Sim!

Posted on

Se alguns meses atrás tivessem me perguntado se eu usaria uma clutch na praia, provavelmente minha resposta seria “nunca!”.

Sempre usei bolsas de materiais como palha, ráfia e croché, e carregava um mundo de coisas dentro da bolsa de praia. Até agenda eu levava! hahahaha

Além disso a clutch geralmente tem um ar de festa, é uma bolsa mais arrumada e combina com ocasiões mais formais.

Mas eis que um dia encontrei um modelo feito de silicone, uma clutch própria para ser usada pertinho da água ou da areia. Mostrei as cores nesse post aqui, e fiquei com a pink. Lembram?

Como não sou muito de praia, demorou um tempinho até eu ter oportunidade de estreá-la, mas o fiz em grande estilo, durante os dias que passe em Galos 😀

Confesso que não senti falta de carregar o mundo numa bolsa, principalmente na praia!

Levei só o essencial:

– Protetor solar Roc Minesol Oil Control para reaplicar no rosto (o do corpo eu aplicava antes de sair, e não senti necessidade de reaplicar).

– Água termal da La Roche Posay  para refrescar o rosto (essa embalagem pequenininha comprei em Buenos Aires. Nunca vi pra vender aqui nesse tamanho).

– Batom/gloss  Dior Addict para proteger os lábios.

– Celular

– Um documento de identidade para não ser recolhida como indigente na rua kkkkk.

Como já disse, comprei a minha na Maiosn Chiquê, em Mossoró.

Não vi nenhum modelo parecido aqui em Natal. Muitas amigas minhas estão querendo comprar, então se alguém souber dizer onde tem, grita aí nos comentários 😉

Ou o jeito vai ser ir até Mossoró comprar uma.

9
  • Compartilhe  →