Clipping Salto Agulha

Posted on

Dei uma entrevista para o Portal Nominuto sobre como usar as tendências de outono-inverno em Natal. Ficou bem legal a matéria, e a repórter captou a mensagem bem direitinho. O texto ficou ótimo.

Só faço uma ressalva: o lance de usar estampa camuflada é perigoso. No meio do papo acho que ela entendeu que eu estava recomendando o uso da estampa, mas não aconselho muito não. Pode ficar com cara de “Ramba” hehehe.

Clica na imagem pra ler a matéria completa:

0
  • Compartilhe  →

A moda fala de… Militarismo

Posted on

Quem acompanha revistas, blogs e programas sobre moda, já deve ter visto em muitos deles a tal “tendência militarista”. Mas já notei que nem todo mundo está sabendo usar. Acaba ficando muito na cara que você escolheu aquela peça só porque ouviu falar que “tá na moda” (odeoi essa expressão!). Então aqui vai um resuminho do que é – e como usar – essa inspiração militar, sem parecer que está fardada indo para o quartel.

1- De onde vem?

O militarismo na moda vem dos anos 40. A época era de guerra e privações, por isso as pessoas faziam roupas gastando pouquíssimo tecido. Assim, o que dominava o closet feminino eram as saias lápis, ajustadas ao corpo até a altura do joelho, exatamente como as mulheres do serviço militar usam até hoje. Os casacos eram bem estruturados, com ombros e cintura marcados. Quem começou a resgatar isso para a moda atual foi a Balmain, e todo mundo seguiu. Tudo isso junto, somado à outras referências mais atuais, forma o estilo militar moderno. Pra se inspirar, veja os figurinos de Diane Kruger em Bastardos Inglórios, e todos os filmes de Marlene Dietrich – a musa do estilo militar.

Divas: Marlene Dietrich (à esquerda) e Diane Kruger.

2- Como usar?

O ideal é que o look tenha só uma pitada de militar, pra não fica caricato como falei no início do texto. Uma forma segura de não errar, é deixa o toque militar só nas cores: Verde, cáqui, marrom… Ou escolher uma jaqueta com corte militar, mas em outra cor. Ombros marcados com medalhas e correntes também fica ótimo. Coletes e jaquetas com muitos bolsos, alfaiataria, coturnos, saia lápis e cintos são boas formas de entrar na onda militar. Crie contrastes, se for usar uma peça pesada, equilibre o visual usando detalhes femininos como pérolas, alcinhas e vestidos. Veja na galeria alguns exemplos de peças que você pode usar para compor o look militar:

 Quem pode usar?

Todo mundo, desde que adapte as peças ao seu estilo pessoal.

3- Onde usar?

Em todo lugar. Da festa ao trabalho. Tomando cuidado para escolher tecidos mais finos para ambientes mais sofisticados, é claro. E na galeria abaixo tem algumas fotos que pesquei em blogs de street style, de meninas que fizeram ótimas adaptações do militarismo. Tem para todos os gostos!

[nggallery id=12]

4
  • Compartilhe  →

Salto Agulha na TV – O poder dos acessórios!

Posted on

A matéria da semana na TV Nominuto foi sobre acessórios. Gravamos na SDesign, que está com uma coleção belíssima inspirada no romantismo vintage das damas francesas. Tem tule, renda, botões, correntes, pérolas…

Clica na imagem pra ver a matéria!

PS: Como muita gente perguntou no twitter quando postei o link, adianto logo: A t-shirt que estou usando na matéria é da Cantão, e foi uma edição limitada criada pela galera do Cansei de Ser Sexy. Não sei se ainda existe pra vender, posso vender a minha dependendo da oferta kkkkk NOT!

3
  • Compartilhe  →